Como você trata seu pessoal determina o DESTINO de sua empresa! Por Brigette Hyacinth

A autora explica quais as principais armadilhas para a eficaz liderança de um gestor.
Atingir metas requer o apoio e compromisso de suas equipes.
Se a sua equipe não estiver a bordo do seu navio, isso pode levar você a falhar em sua função de liderança.

MSA: seu processo de medição é adequado? Por Moisés Calandrin

O conhecimento do MSA é muito oportuno, uma vez que a atual norma do Sistemas de Gestão da Qualidade Automotivo, IATF 16949:2016 deixa nem claro.
As variações em um processo de produção são devidas às diferenças reais entre as peças produzidas ou o meio de medida usado para avaliar a qualidade das peças, ou uma combinação desses dois fatores.

ASES – Fim da IATF e futuro da auditoria de Fornecedores? Por Gregório Suarez

O advento da ISO/TS 16949, atual IATF 16949, foi aplaudido pela área automotiva e comemorado por ser uma redução de custos das montadoras que não precisavam mais avaliar seus fornecedores.
A própria especificação evoluiu num sentido duvidoso e na verdade, as queixas e críticas de sempre sobre a ISO 9000 agora são atribuídas a IATF 16949: excessiva burocracia, requisitos sem valor agregado ao negócio, fragilidade das auditorias, etc…

10 Dicas para Manter seu Cliente por Edson Miranda da Silva

Já dizia o célebre consultor de marketing norte-americano Philip Kotler: “conquistar um novo cliente custa de 5 a 7 vezes mais que manter um atual”.
As empresas realizam grandes esforços na captação de novos clientes, investindo milhões em estrutura física e em propaganda para chamar a atenção, porém, praticamente esquecem que vale muito mais a pena construir um relacionamento de longo prazo do que apenas realizar uma venda.
Empresários investem pesado em marketing e comunicação, descontos, abatimentos, campanhas publicitárias e numa infinidade de técnicas que, em curto prazo, promovem certo aumento de receita.

WCM – Manufatura de Classe Mundial por Edson Miranda da Silva

No cenário onde a concorrência assume escalas globais e posturas cada vez mais agressivas, as empresas são forçadas a fornecerem para seus clientes, além de preços adequados, produtos com padrão de qualidade elevado, garantia da entrega em tempo hábil,
dentre outras garantias e ai entra em cena o WCM – World Class Manufacturing, Manufatura de Classe Mundial.
O WCM é um conjunto de conceitos, de princípios e de técnicas para a gestão dos processos operativos de uma empresa.
O primeiro registro do termo foi feito por Richard Schonberger, responsável pela introdução de diversas técnicas de produção nipônicas, como o just-in-time, nos Estados Unidos.
O WCM é um sistema de gestão integrado de redução de custos e visa otimizar Logística, Qualidade, Manutenção e Produtividade para níveis de classe mundial, através de um conjunto estruturado de métodos e ferramentas.

El draft de la nueva ISO/IEC 17025, comparativas con su versión anterior y la ISO 9001. Por Raúl Sejzer

Tal como se venía anunciando, la Norma ISO/IEC 17025 se encuentra en su fase de revisión y está próxima a emitirse oficialmente.
Ya está disponible para algunos organismos, a modo informativo únicamente, un primer borrador en inglés.
En él ya se pueden apreciar diferencias sustanciales con su versión anterior, la que actualmente se encuentra vigente: ISO/IEC 17025:2005.
No podemos negar que ISO 9001 es un buen comienzo para la gestión de la Calidad de nuestro Laboratorio de Calibración y Ensayos (en adelante, LCE).
Pero no es suficiente.

Mudança nas empresas com 5S e MPT por Marcelo Justa

Depois da Segunda Guerra Mundial, o Japão tinha como meta a reconstrução nacional, contudo, as empresas japonesas, que até o final da guerra estavam voltadas para a produção militar, tinham como desafio recompor suas indústrias e alcançar as metas governamentais por meio de uma grande mudança na cultura organizacional.
Entretanto, o Japão possuía poucos recursos naturais e tinha um grande desafio que era a exportação de produtos manufaturados.
Ocorre que na época era considerado um país que exibia produtos de baixa qualidade ou produtos de segunda linha.
Nesse contexto, dentro do movimento japonês em busca de uma transformação na melhoria da qualidade e da produtividade, surgiram os programas: 5s – Housekeeping e Manutenção Produtiva Total – MPT,
pelo qual, ao longo dos últimos cinquenta anos, vem evoluindo de simples programas de melhorias para um efetivo sistema de gestão da mudança organizacional.

A Ineficácia da ISO/TS 16949 por Manoel M. de Souza Araújo

Este artigo não trata de uma opinião sobre a ISO/TS 16949, mas sim de fatos que comprovam como a abordagem desta norma precisa ser totalmente revista para que traga resultados para o setor automotivo.
Caso contrário, cada vez mais ela terá menos organizações certificadas, mesmo que as montadoras continuem forçando a barra para que os fornecedores da cadeia automotiva a adotem como modelo de sistema de gestão da qualidade.
Como evidência da ineficácia da norma, basta, por exemplo, acessar o link abaixo e verificar que se considerarmos todas as montadoras, os casos de recall atingem uma média superior a um caso por semana, provocando enormes prejuízos para montadoras, fornecedores e compradores.
Vale ressaltar que situações de recall são geralmente problemas que causam mal funcionamento do veículo ou possibilidades de afetar a segurança dos usuários.
Porém há ainda vários tipos de reclamações formais e informais que não são divulgadas e quantificadas, que devem elevar significativamente os problemas de qualidade em veículos.