Como a Indústria 4.0 age na prática por Edson Miranda da Silva

A Quarta Revolução Industrial já está acontecendo.
A primeira foi o motor a vapor, a segunda foi a eletricidade e depois veio a computação.
Agora é a vez da Internet das Coisas, da impressão 3D, da engenharia genética, da inteligência artificial, dos veículos autônomos, da robótica e das máquinas que aprendem.
Esta abordagem de combinar a indústria e os mais recentes avanços na tecnologia, especialmente tecnologia da informação, é muitas vezes referida como “a Quarta Revolução Industrial”.

Lean Maintenance por Jhonata Teles

Com o desenvolvimento e popularização do Sistema Toyota de Produção entre 1948 e 1975, surgiu o Lean Manufacturing, desenhado por Taiichi Ohno, Shingeo Shingo e Eiji Toyoda.
E uma hora o Lean chegaria até a Manutenção, originando o nascimento do Lean Maintenance ou Manutenção Enxuta.

Manutenção na Indústria 4.0 por Michel Levandoski

Indústria 4.0 como o nome sugere, é a indústria que representa a 4ª Revolução Industrial.
Pode se dizer que o conceito de Indústria 4.0, já está totalmente empregado nas grandes indústrias Brasil a fora.
Por isso, faz-se necessário que a Manutenção acompanhe essa evolução.
Agilidade, rapidez, qualidade, confiabilidade, produtividade e redução de custos são primordiais nos tempos de hoje, deve se fazer mais com menos recursos.

Pilares para uma Manutenção de Sucesso por Eduardo Avi e Gregório Suarez

A Manutenção têm evoluído rapidamente nos últimos anos e isso introduziu uma longa série de siglas e conceitos. São diversas filosofias, técnicas, métodos e ferramentas, tudo junto e misturado.
Cada uma delas têm sua importância, num certo contexto, bem como requisitos e escopo adequado.
Evidentemente conseguimos idealizar um processo de evolução da manutenção aonde cada sigla teria sua aplicação mas mesmo assim não é possível imaginar que isso aconteceria.
Fica então o desafio ao Gestor da Manutenção de estabelecer uma estratégia de médio prazo, de definir os requisitos básicos para um gerenciamento adequado de sua área.
O objetivo deste trabalho é propor uma infraestrutura com as atividades essenciais ao funcionamento de uma área de Manutenção de Sucesso.

Implantação da Manutenção Planejada por Alexandre S. da Silva e Wilde Oliveira

Neste estudo de caso realizado numa empresa do segmento de cabos de aço, notou-se uma falta de planejamento nas ações corretivas das máquinas e equipamentos, desta forma, a disponibilidade, eficiência dos equipamentos e os custos de manutenção estão com os índices abaixo dos padrões considerados de nível mundial. Considerando todos os fatores envolvidos, o artigo mostra de forma clara os benefícios de se ter o SMP – Sistema de Manutenção Planejada, que possibilita a maximização do uso das peças e componentes, maior disponibilidade dos ativos e maior confiabilidade ao menor custo. O presente artigo classifica- se de natureza aplicada, de métodos quantitativos e levantamentos bibliográficos.

Estudo de caso: Melhoria da Eficiência Operacional por Eduardo Avi

A competitividade nos diversos segmentos industriais tem estimulado as organizações a desenvolverem formas de tornar suas operações e processos produtivos cada vez mais eficientes e com maior produtividade, tendo a manutenção como um departamento de grande potencial para obtenção de melhores resultados. Neste caso, será conceituado a implementação de inspeções eletromecânicas como forma de atuação preventiva em manutenções de moldes de injeção para fabricação de filtros, contribuindo para a redução de manutenções corretivas reativas, aumento da disponibilidade, confiabilidade e redução de custos da manutenção, demonstrando os bons resultados financeiros da manutenção preventiva sobre a reativa.