MISSÃO x VISÃO parece simples, mas não é! Por Marcelo A. de S. Rego

Para quem não sabe aonde ir, qualquer caminho serve, já que dificilmente conseguirá  chegar lá. 
Quando a visão não implica em desafios, a organização se torna um alvo fácil para a sua concorrência.

Análise SWOT bem realizada por Monise Carla

A ausência de estrutura e direcionamento costuma ser causada pelo excesso de informações, e vários gerentes ficam atormentados por esse mal na hora do planejamento, quantidades enormes de dados e nenhuma estrutura ou direção.
Se a análise não estruturar as informações de modo significativo, que esclareça algo, nem orienta a execução, os dados não passarão de um processo estéril e acadêmico sem uma utilidade efetiva.
A análise SWOT é um modelo para organizar e utilizar dados e informações abrangendo o ambiente interno e externo da empresa.

El contexto de la Organización mediante Análisis PESTEL por Raúl Sejzer

Uno de los aspectos más importantes e interesantes que aparecieron con la última versión de la norma ISO 9001, es la necesidad de definir lo que se conoce como el contexto de la organización.
ISO 9001:2015, en su capítulo 4 exige que se describan lo factores externos e internos que influyen sobre la actividad de la organización.
Ninguna empresa está ajena a su entorno.

As 5 Forças de Porter: teoria e prática por NORTEGUBISIAN  

O método proposto por Michael Porter é um dos modelos mais utilizados para condução da análise do ambiente externo e consequentemente para delineamento das estratégias de negócio.
Através desse modelo é possível avaliar quais variáveis possuem influência sobre a competitividade do negócio.
Para condução da análise, Porter propôs a avaliação de 5 fatores de competitividade que ficaram conhecidos como “As 5 Forças de Porter”.