Como implantar a ISO 9001 sem pagar nada!

Muitas empresas buscam a certificação ISO 9001. Esta é uma norma técnica internacional cujo objetivo é implantar regras e diretrizes na empresa visando à melhoria dos processos e da qualidade.
Assim, pode-se afirmar que a ISO 9001 é um sistema de gestão da qualidade. Como resultado, a ISO 9001 permite à empresa ter mais qualidade de atendimento em seus produtos e serviços.
Mas como implantar a ISO 9001?
Existe a possibilidade de a empresa adotar essas normas sem precisar pagar nada?

David A. Garvin y las Ocho Dimensiones de la Calidad por Gregório Suarez

En el día a día, sucede un debate interminable entre las diversas funciones internas de las empresas sobre qué es y cómo hacer Calidad, con avances y retrocesos regulares, pero sin progreso efectivo.
Por eso se torna vital una comprensión global y al mismo tiempo detallada de la Calidad para viabilizar el planeamiento y la gestión adecuados para la obtención de la Satisfacción del Cliente, equiparando las cuestiones técnicas y económicas.
Una contribución formidable fue dada por David A. Garvin que en 1984 publicó en el MIT Sloan Management Review, el artículo “¿Qué significa realmente Calidad del Producto?” lanzando lo que compone las bases de la Gestión Estratégica de la Calidad: los Cinco Abordajes de la Calidad y las Ocho Dimensiones de la Calidad.

Workshop de Gestão da Qualidade aplicada no seu trabalho

“Workshop de Gestão da Qualidade aplicada no Seu trabalho”
que acontecerá dos dias 21 a 30 de Novembro de 2016.
Nele abordaremos alguns temas importantes para melhorar os resultados tanto na carreira profissional como da empresa de um modo geral:
– Por que e como a Gestão da qualidade pode projetar a sua carreira ou sua empresa no mercado de forma excepcional
– Passo a passo de como estruturar um sistema de gestão da qualidade / empresarial que dê resultado tanto em um setor isolado, melhorando o gerenciamento do gestor, etc, como na empresa.
– Como aplicar as principais alterações da nova versão da ISO 9001:2015

8D Ocho Disciplinas para la Resolución de Problemas por Raúl Sejzer

Surgido y aplicado durante la Segunda Guerra Mundial, aunque perfeccionado y masificado por la Ford Motor Company, este método es quizás uno de los más interesantes y difundidos para el análisis y resolución de problemas.
Se lo conoce de manera habitual como las
Ocho Disciplinas para la Resolución de Problemas
(Eight Disciplines Problem Solving),
pero también podemos encontrarlo de manera simplificada como 8D, G8D, o Global 8D.

7 pasos para resolver problemas en tu empresa por Luciana Paulise

Tener una herramienta para resolver problemas de forma sistemática es clave para no tener miedo de enfrentar los conflictos, errores o discrepancias y tratarlos inmediatamente.
Todas las empresas tienen problemas, seguramente la tuya no es una excepción.
No importa el tamaño, si es una multinacional o una PYME, el día a día nos inunda de dudas, y resolver problemas se convierte en un suplicio.
¿Qué podemos hacer al respecto?
Einstein decía “No te preocupes por tus problemas, ocúpate de ellos”.

Caso Samsung & Análise de Riscos por Marco T. Bertolino

Entro no avião, fecham-se as portas e a comissária de bordo começa seus comunicados pré voo: fechar bandeja, desinclinar poltrona, apertas cintos, etc…Mas no meio do costumeiro e rotineiro palavreado, uma frase nova chama a atenção “se alguém tiver um celular Samsung Galaxy 7, ele deve ser mantido desligado e não deve ser carregado durante o voo”.
Não é uma suposição, oficialmente 35 casos foram confirmados: explosão do aparelho!
Em solo causou queimaduras de 3° grau, numa aeronave em voo poderia ocasionar uma tragédia.

Ferramentas Estratégicas para Melhoria da Qualidade na Saúde por Wagner Dolor

Quando se trata de saúde e do ensino, as grandes as dificuldades para a implementação da qualidade, até pela própria natureza do produto final do processo.
Por vezes as pessoas fazem juízos subjetivos e pressupõem que a qualidade é ou não é a esperada, que a causa de um problema está neste ou naquele fator, ou que é necessária essa ou aquela ação.
A área da industrial não adota tais “pressuposições”, que não funcionam. Ela quer dados objetivos, quantidades de medidas e números confiáveis.
Por que, então, não trazer para a saúde as ferramentas e técnicas de controle e melhoria da qualidade que a indústria já adotou com grandes resultados?
Elas são perfeitamente transferíveis. São fáceis de aprender e são extremamente úteis.