3K`s no Lean: Kaizen, Kaikaku e Kakushin por Gregório Suarez

Este trabalho detalha três conceitos importantíssimos: Kaizen, Kaikaku e Kakushin.
Demonstrar suas diferenças e em especial sua aplicação conjunta dentro do Lean Thinking

Ebook: David A. Garvin y las Ocho Dimensiones de la Calidad

453/5000
¿Qué significa la calidad de su cliente? ¿Usted realmente está consiguiendo satisfacer su necesidad? En el escenario económico actual, no siempre los conceptos originales de calidad encajan con la realidad de su negocio.
El autor propone las Ocho Dimensiones de la Calidad Revistas, una nueva lectura de Garvin, aplicada al contexto actual. Una clave práctica para entender lo que significa Calidad para el Cliente y así lograr su Satisfacción.

Ebook: David A. Garvin y las Ocho Dimensiones de la Calidad

453/5000
¿Qué significa la calidad de su cliente? ¿Usted realmente está consiguiendo satisfacer su necesidad? En el escenario económico actual, no siempre los conceptos originales de calidad encajan con la realidad de su negocio.
El autor propone las Ocho Dimensiones de la Calidad Revistas, una nueva lectura de Garvin, aplicada al contexto actual. Una clave práctica para entender lo que significa Calidad para el Cliente y así lograr su Satisfacción.

ASES, the return of the audits in automotive suppliers by Gregório Suarez

The outstanding idea of an automotive standard for Quality Management System that replaces and unify the requirements of automobile manufacturers is ending.
One response was the development of a new standard for supplier evaluations by the Renault–Nissan–Mitsubishi Alliance, valid for all the Group’s automakers and that seeks to check the quality level of a supplier, defining a new and worldwide reference for Quality Assurance.

FMEA Reverso: para um melhor FMEA por Gregório Suarez

A incrível capacidade do FMEA de identificar problemas e priorizar soluções tornou essa ferramenta uma referência obrigatória e primeira alternativa para os mais diferentes tipos de questões.
Entretanto como um martelo ou um paquímetro, é uma ferramenta e assim sua aplicação depende do usuário: disciplina e rigor e aí enfrentamos diversos problemas.
O problema mais crítico têm sido a última etapa do método, ou seja a revisão regular do estudo de FMEA, que no melhor das hipóteses acontece raramente.
A solução é o FMEA Reverso (R FMEA), um processo estruturado de Melhoria Contínua que visa garantir a permanente atualização e progresso de um estudo de FMEA.

Pilares para uma Manutenção de Sucesso por Eduardo Avi e Gregório Suarez

A Manutenção têm evoluído rapidamente nos últimos anos e isso introduziu uma longa série de siglas e conceitos. São diversas filosofias, técnicas, métodos e ferramentas, tudo junto e misturado.
Cada uma delas têm sua importância, num certo contexto, bem como requisitos e escopo adequado.
Evidentemente conseguimos idealizar um processo de evolução da manutenção aonde cada sigla teria sua aplicação mas mesmo assim não é possível imaginar que isso aconteceria.
Fica então o desafio ao Gestor da Manutenção de estabelecer uma estratégia de médio prazo, de definir os requisitos básicos para um gerenciamento adequado de sua área.
O objetivo deste trabalho é propor uma infraestrutura com as atividades essenciais ao funcionamento de uma área de Manutenção de Sucesso.

Sistema Toyota de Produção para Iniciantes por Gregório Suarez

Por Gregório Suarez Este trabalho aborda o Sistema Toyota de Produção, uma das maiores influências da moderna Administração Industrial e … Mais

Why use FMEA for Risk Management in ISO 9001:2015 by Gregório Suarez

The 2015 review of ISO 9001 has the clear strategic vision of reflecting the strong changes in the business environment, increasingly complex and dynamic, and therefore it presents a set of requirements able to support companies for a few years in this new scenario.
But among these changes stands out the introduction in item 0.3.3 of “Risk-based thinking”.
This change implies the introduction of a completely new process:
the Risk Management, with unique terminology and tools.
The challenge for managers and those responsible for Quality is to decipher this activity, identifying and implementing appropriate mechanisms and activities to their company.
The purpose of this article is to develop and present a methodology able to meet this requirement properly in an effective way for the company.

ASES – Fim da IATF e futuro da auditoria de Fornecedores? Por Gregório Suarez

O advento da ISO/TS 16949, atual IATF 16949, foi aplaudido pela área automotiva e comemorado por ser uma redução de custos das montadoras que não precisavam mais avaliar seus fornecedores.
A própria especificação evoluiu num sentido duvidoso e na verdade, as queixas e críticas de sempre sobre a ISO 9000 agora são atribuídas a IATF 16949: excessiva burocracia, requisitos sem valor agregado ao negócio, fragilidade das auditorias, etc…

David A. Garvin y las Ocho Dimensiones de la Calidad por Gregório Suarez

En el día a día, sucede un debate interminable entre las diversas funciones internas de las empresas sobre qué es y cómo hacer Calidad, con avances y retrocesos regulares, pero sin progreso efectivo.
Por eso se torna vital una comprensión global y al mismo tiempo detallada de la Calidad para viabilizar el planeamiento y la gestión adecuados para la obtención de la Satisfacción del Cliente, equiparando las cuestiones técnicas y económicas.
Una contribución formidable fue dada por David A. Garvin que en 1984 publicó en el MIT Sloan Management Review, el artículo “¿Qué significa realmente Calidad del Producto?” lanzando lo que compone las bases de la Gestión Estratégica de la Calidad: los Cinco Abordajes de la Calidad y las Ocho Dimensiones de la Calidad.